(11)­ 3541-1293
(21) 3400-8020

Programação é a ‘língua do futuro’ e diferencial competitivo para os filhos, dizem pais de alunos

Tornar útil o tempo dos filhos em frente ao computador e investimento para o futuro deles estão entres respostas de pais ouvidos pela MadCode para descobrir o que os motivou na decisão de matricular as crianças no curso de programação. Os entrevistados disseram acreditar que a tecnologia está cada vez mais presente em nossa vidas e, por isso, quanto mais cedo os jovens forem inseridos na “linguagem do futuro”, mais preparados estarão para novas demandas da sociedade. Para os pais, assim como o inglês foi no passado, hoje saber programar e criar softwares é um diferencial competitivo no mercado.

“Eu acredito que o futuro está na tecnologia. A gente vai continuar cada vez a usando mais e a desenvolvendo. Ele vai estar um passo à frente”, afirmou a empresária Taissa. Ela disse que optou por matricular o filho Felipe, de 8 anos, no curso de programação da MadCode para “unir o útil ao agradável”: é que Felipe adora ficar na frente do computador. “É uma maneira que encontrei que ele pega o que gosta e aprende com isso.”

Segundo Taissa, Felipe gosta de “tudo o que é eletrônico” e é constante ele ficar horas usando esses equipamentos durante muitas horas do dia. “Ele gosta muito de videogame, assiste a vídeos nos YouTube. Se eu deixar, é capaz de ele ficar 24 horas na frente do computador. Eu não acho que isso é uma coisa saudável.”

Foi quando a empresária decidiu, em suas próprias palavras, a “estimular do jeito certo”. E explicou: “O curso de programação é uma maneira de ele fazer o que gosta de jeito mais interessante para o futuro e desenvolvimento dele. Agora ele não está só jogando. Ele está aprendendo a programar um jogo, criar um passo além, é um aprendizado 'disfarçado”, declarou.

Importância da tecnologia

A visão de Taissa é compartilhada pelo administrador financeiro Alexandre, pai do aluno Rafael, de 8 anos. Ele contou que um dos motivos que o fez colocar o filho no curso foi o crescimento da importância da tecnologia nas nossas vidas.

“Li uma reportagem falando da importância para as crianças conhecerem a parte de programação e corri atrás. Era uma reportagem falando das empresas do Vale do Silício [nos EUA], da dificuldade que estão tendo em encontrar bons programadores”, disse, explicando que o texto citava a importância de existirem profissionais capacitados para atender a evolução do mercado no futuro.

“A tecnologia é uma coisa que está aí, não tem como escapar. Ela vai ficar cada vez mais presente na nossa vida”, afirmou. “A ideia é a criança não ter medo dessas tecnologias. É bom criar afinidade porque no futuro o mercado vai ser rígido”, disse.

Programar é o ‘novo inglês’

As opiniões dos pais são parecidas com a visão dos próprios fundadores da escola, que acreditam que a programação seja o “novo inglês”. Daniel Cleffi, um dos sócios-fundadores da MadCode, explica a ideia: “No passado, o inglês era opcional, logo ele se tornou obrigatório. Atualmente saber programar ainda é opcional, logo se tornará obrigatória. Aqueles que tiverem esse diferencial se destacarão dos demais.”

Para o empreendedor, a programação é a “língua-franca” do mundo moderno, que é eminentemente tecnológico. “Um médico que tiver esse conhecimento saberá melhor como usar a tecnologia à favor da cura, da democratização da informação ou do bem-estar do paciente.”

Diferencial

A interpretação é compartilhada pela esteticista Andréa, que disse ter percebido o quanto as aulas de programação poderiam ser úteis para o futuro do filho Arthur, de 10 anos, e resolveu matriculá-lo. “A programação é com certeza para se ele destacar”, disse. “É um diferencial. Amanhã isso vai acrescentar muito para ele, será uma bagagem maravilhosa.”

Andrea explicou que Arthur sempre gostou de tecnologia e começou fazendo o curso de robótica na MadCode. Com o tempo, o próprio filho pediu para fazer o curso de programação, contou a mãe.  “Ele sempre quis, o sonho dele era montar robôs e surgiu a oportunidade da MadCode. Nós colocamos ele se apaixonou. Agora ele disse: ‘tenho a necessidade de programar, sem programação eu não consigo programar os robôs’”. E completou: “O Arthur ama. Acho que ele se encontrou. O curso veio só a somar na vida dele.”
A esteticista declarou, ainda, que não queria que Arthur ficasse preso na frente do computador jogando games o dia inteiro e, com as aulas da MadCode, o garoto aprende a usar o computador de forma produtiva. “Ele senta hoje em frente ao laptop e vai fazer o próprio joguinho.”

  • Facebook
  • Twitter
  • Google

<Planos e matricula/>

MENSAL FAÇA UMA AULA GRÁTIS

MENSAL
  • PLANO BÁSICO
  • PREÇO ÚNICO PARA QUALQUER CURSO
  • VAGAS LIMITADAS
MATRICULE-SE

TRIMESTRAL FAÇA UMA AULA GRÁTIS

TRIMESTRAL
  • 5% DE DESCONTO
  • PREÇO ÚNICO PARA QUALQUER CURSO
  • VAGAS LIMITADAS
matricule-se

SEMESTRAL FAÇA UMA AULA GRÁTIS

SEMESTRAL
  • 10% DE DESCONTO
  • PREÇO ÚNICO PARA QUALQUER CURSO
  • VAGAS LIMITADAS
matricule-se